19 de julho de 2011

O DESESPERO DE UMA VIDA NA SEGUNDA-FEIRA

Ontem presenciei uma cena horrível de se ver. Como disse o bispo Guaracy no programa, segunda-feira é o dia pesado, onde o desespero toma conta das pessoas porque as cobranças começam novamente, como também as humilhações pelo fato de não poderem pagar suas dívidas, problemas na família, casamento... Um desespero total toma conta da pessoa.

Um helicóptero sobrevoando o local, carros de polícia, bombeiros, ambulância, todos com um semblante em choque, um homem jovem de aproximadamente trinta e poucos anos havia se jogado do décimo andar de sua residência. Os motivos muitos queriam saber, mas poderiam ser vários para essas pessoas, como um chefe de família em fracasso, um casamento destruído, entre outros... O real motivo é que pessoas acreditam facilmente no fracasso, nas mentiras do diabo, mas duvidam da Verdade, onde tudo é possível ao que crê.

Quando nos deparamos com a cena, imediatamente amarramos aquele mal, pude chegar perto da ambulância, pedindo autorização ao policial, fiquei tão revoltada com aquela cena que não me contive,  fui bem próximo fazer uma oração para repreender o mal para que não ceifasse aquela vida... Esse homem havia feito isso porque acreditou nas mentiras do diabo, nas vozes da dúvida, do medo, do desespero. Ficamos sabendo que seu corpo caiu e bateu nos coqueiros da área de lazer. Segundo os policiais, ele foi removido com a utilização de um ressuscitador, mas á noite tivemos a notícia de que ele não havia morrido, ele está tendo a sua segunda chance.

Uma amiga comentou a diferença dos que tem um encontro com Deus, que podem enfrentar todos os problemas  com fé, esperança, sem jamais se curvarem diante do mal.  Como diz o bispo Macedo: duvidamos das dúvidas porque cremos, confiamos.

Se você está desesperado, já não sabe mais o que fazer, ao invés de se jogar nos braços da dúvida para ser abraçado pela morte, se jogue nos braços da fé e seja abraçado por Deus.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe o que você achou dessa postagem: