26 de setembro de 2011

ME TRATA ME LIMPA PRA EU TE SERVIR


Ontem, conversando com uma amiga estávamos falando sobre a direção maravilhosa que Deus está nos trazendo, sobre estarmos atentos as nossas raízes, pois todos sabemos que a árvore boa produz bons frutos e árvore má maus frutos, até que chega um ponto que não consegue produzir mais fruto nenhum. 

Essa amiga me relatou que no jardim de sua casa uma árvore teve que ser arrancada porque os fungos haviam atacado a sua raiz. Então, contei que estava assistindo um programa que falava sobre isso, os cuidados e preservação de árvores, plantas... nele explicava como alguns fungos atacam as raízes da árvore. Eles "parecem" organismos da própria raiz e ficam ali vivendo como se tivesse tudo certo, até que causando danos horríveis, visívelmente podemos notar os efeitos dessa raiz ruim, embora já há muito, os fungos estivessem ali destruíndo essa raiz. Foi como li no blog da D. Cristiane sobre Davi.


Não podemos perder essa oportunidade, porque os fungos vivem atacando as raízes, que podem ser muitas vezes os sentimentos que permitimos conviver com eles, achamos que resolvemos, mas eles estão  ali, e é só lembrar que a resposta vem com o  sentimento;  tristeza, raiva, indiferença, o desprezo...  Ás vezes, nos permitimos conviver com a falsa idéia de  que está tudo bem, porque não consideramos nocivo por ser quase imperceptível. Evitamos lembrar, falar a respeito, mas os  fungos estão lá destruíndo a raiz...

Muito forte! E está aí a oportunidade para ver nossa vida como uma ávore frutífera como um todo.

 " Tira de mim os galhos secos, me trata me limpa pra eu te servir..." 
Me trata me limpa pode ser cantado assim: Tira a raiz ruim pra eu te servir...

Um comentário:

  1. Muito forte mesmo! A natureza criada proclama a glória de Deus, basta olharmos pra aquilo que Ele criou, que podemos compreender de forma simples, como Deus deseja trabalhar em nós. Sempre nos moldando, limpando, podando me faz lembrar de João 15, afinal sem Ele, ou sem o agir Dele, o que podemos fazer afinal? Talvez muitas coisas, porém estas passageiras, momentâneas, sem verdadeiras raízes, profundas e duradouras. Com Jesus as coisas realmente têm qualidade e excelência! Beijos em seu coração.

    ResponderExcluir

Compartilhe o que você achou dessa postagem: