15 de maio de 2012

MEU VIOLÃO E UM MOMENTO DE COMUNHÃO


Toco as notas que saem do mais profundo de um novo coração
O som que traduz esse precioso Amor
Que me resgata a cada amanhecer
Que não deixa minha fé envelhecer
A chuva fina cai molhando os vidros da janela
Estou olhando as flores lá fora
molhadas por ela
Vejo as maravilhosas obras de Tuas Mãos


Quanto mais o tempo passa
Mais me aproximo de Ti
Minhas canções orações
Para o Senhor ouvir na sala do trono
Estão na memória da fé que move meus dias
O frio lá fora e muitas vidas geladas aqui
 Seguindo sem rumo
Há tanto para fazer alcançar
Ás vezes dá vontade de gritar
para que todos possam ouvir...

O Sol da Justiça aquece
A Água da Vida sacia
A Palavra Viva alimenta...
Na Casa de meu Pai
há muitas moradas
Por que congelam-se em suas enganosas razões
para não Te buscarem?
Escolhem sofrer a ter que se render...
É preciso correr com a velocidade dos dedos
que dedilham essas cordas...


Há mais que um lenço em nossas mãos
 para secar as lágrimas da dor
Temos a Solução
É preciso repartir o Pão
Fazer que o som deste violão
Seja mais que palavras cantadas
Seja a ação que desejas sempre ver em mim
Seja mais que uma voz
Seja uma vida toda pra Te servir


Um comentário:

  1. Isis, estava com saudade das suas canções, decidi procurar e encontrei o seu blog!
    Você é uma grande benção na minha vida!!!!
    Que o Senhor te abençoe e te ilumine sempre!!!
    Bjão, fica na paz!!!
    Rodrigo Augusto
    http://www,palcomp3.com/rodrigoaugusto

    ResponderExcluir

Compartilhe o que você achou dessa postagem: