19 de março de 2013

CURIOSIDADE, SINÔNIMO DE INTELIGÊNCIA?!


 
 
Quem já não ouviu falar que curiosidade é sinônimo de inteligência?
 
Acho que todos já ouvimos. Mas, até que ponto podemos considerar isso verdade? Particularmente, creio que até o ponto onde a curiosidade seja para usada o BEM, dirigida por nossa inteligência.
 
Quanta gente quer ter as últimas informações para assegurar-se estar na "vibe" do momento. Querem saber de tudo e de todos, porém  nunca não por um cuidado, um zelo para com seu próximo, mas, apenas para satisfazerem a própria curiosidade.
 
Essas pessoas se submetem aos impulsos da aguçada curiosidade para alcançarem a informação que desejam. E isso, é tão FEIO!!!
 
Embora não nos falte ensinamentos, exemplos de como empregar o nosso valioso tempo, no que investir usando a inteligência,  as redes sociais e os "curiosos de plantão" estão aí para dar a maior força para as conversinhas que não levam a nada, do  tipo: E aí? Como você está? E fulana? Fulano? ... Blá, blá, blá...
 
Apenas para saber o que uma pessoa está usando, com quem ela está falando... e por aí vai! Mas, o que mais me espanta nisso tudo, é como acham tempo pra isso!
 
Aliás, fofoca se tornou profissão nos dias de hoje! Pode?! O que fulano vestiu, onde fez sua refeição, sua namorada... E francamente, o que isso acrescenta na vida de uma pessoa. Quanto desperdício de tempo!
 
Se queremos que nossa curiosidade natural seja vista como sinônimo de inteligência, devemos usá-la para buscar informações que nos façam crescer e  fazer a diferença.
 
Muito melhor do que 'tricotar sobre a avida alheia" é aproveitar o precioso tempo para "tricotar agasalhos" para os que sentem pavor do inverno porque não tem nada para aquecer seus corpos.
 
'É uma honra dar fim a contendas, mas todos insensatos envolvem-se nelas.' Prov. 20:3
 
Bendito seja DEUS pelo JEJUM de DANIEL!
 
Quem usa a FÉ com INTELIGÊNCIA, faz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe o que você achou dessa postagem: