12 de dezembro de 2011

MUITO MELHOR QUE LUZ PISCA PISCA



Luzes piscando nas cidades e melodias que emocionam vidas e mais vidas.  Com passos apressados e frenéticos, multidões se aglomeram na tentativa de buscar alguma coisa que não permita  que fiquem de fora das  festas de fim de ano.

Sabe? Muitos criticam aqueles que como eu, não celebram o Natal. Como se a indiferença por essa data fosse até mesmo, um agravo.

Há três anos atrás, no dia 25 de dezembro, minha melhor amiga partiu, a minha querida mãe. E vocês querem saber onde estava o brilho mágico do Natal  e toda sua proposta ilusionária?  

Certamente não encontrei em  nenhuma árvore com pisca pisca, nem nas megas promoções de presentes, nem se quer o  papai Noel apareceu por lá... A roupa nova que havia comprado para ela,  foi a que usou no sepultamento. Tudo isso poderia ter sido traumático se eu não tivesse conhecimento da Verdade que me libertou, e me faz crer na vitória sobre a morte. 

Ah! Se não fosse o Senhor Jesus, eu teria ficado só, mesmo cercada de muito carinho de familiares e amigos queridos, mas,  é só o ESPÍRITO SANTO que pode consolar, dar paz e ânimo em um momento assim.

Lembro que durante  a trajetória do hospital para o cemitério a única melodia entoava em mim, era a canção favorita de minha mãe:" Ah! O meu Senhor lembrou de mim"... E pude louvar á Deus pela salvação  dela com esta canção durante o seu sepultamento. Logo após, retornando para casa, vi suas coisas pessoais, sabendo que ela não estaria mais ali, mas o ESPÍRITO SANTO sim, sempre, sempre permaneceria comigo. 

De um minuto para o outro, com um fato inesperado, em um momento inesperado, em uma data inesperada, mais uma vez vi como aprendemos e sempre tivemos essa fé:  nada  e ninguém se compara ao ESPÍRITO SANTO.

Deus havia recolhido minha mãe e o seu Espírito esteve me consolando em todos os momentos. Tive forças para cuidar de tudo, porque a maior dádiva de minha vida  não era uma ilusão, nem tampouco uma festa passageira de fim de ano.

Penso em quantos estão  sofrendo  e nessa época do ano sofrem ainda mais?

Levados pela emoção de imagens que cintilam e acordes que ecoam como estrelinhas, acabam se frustando, achando que são as pessoas mais desprezíveis do planeta, pois suas vidas são totalmente contrárias as mesas fartas e árvores cheias de presentes. Por isso, acabam acreditando que para eles nunca haverá uma cena como a de um comercial de televisão.

Então, aqui proponho a viverem algo tão belo e grandioso que nenhum ser humano poderia jamais descrever com tamanha  exatidão, mas plenamente real e possível:

O ESPÍRITO SANTO EM VOCÊ!

A garantia de jamais estar só e ter o poder de DEUS na sua vida.

Não há maior alegria, maior amor do que este, quem o possui,  sabe muito bem.

Enxugue as suas lágrimas e experimente ser feliz de verdade, em toda e qualquer circunstância, através do ESPÍRITO SANTO.

Eu, estou  nos 21 dias do Jejum de Daniel... Ah! Que dias! 

O brilho da glória de Deus sobre as nossas vidas não como pisca pisca, mas, a todo instante e eternamente.

4 comentários:

  1. Sábias palavras, D. Ísis, á a mais pura verdade... Minha vida mudou quando conheci ao Senhor Jesus e Ele me batizou com seu Santo Espírito. Minha família pode não entender o porque de eu não dar a mínima para as comemorações que são inventadas pelos homens. A verdade é que estou em festa sempre, dentro de mim, com a alegria constante da presença do meu Senhor Jesus, e isso basta! Que Deus a abençoe cada dia mais!

    ResponderExcluir
  2. Oi Dona Isis! Que mensagem abençoada!
    Recentemente eu perdi meu pai e felizmente eu havia feito a fogueira Santa por ele, pois, ele era viciado em alcool e por mais que eu falasse de Deus pra ele, ele não ouvia. Eu aproveitei aquela oportunidade de fé e fiz um sacrificio do qual nunca havia feito antes, pois, sabia que se não fizesse, meu pai com certeza estaria no inferno a essa altura. Eu fiz e cri no que estava fazendo. No dia da entrega do voto eu fui visitá-lo e havia pedido a Deus que salvasse a alma do meu pai, não importando se ele fosse morrer ou ser curado, mas o meu objetivo era a salvação. Fomos no hospital no domingo e na madrugada de domingo pra segunda ele morreu. Eu tenho certeza que Deus fez a obra. Quando cheguei ao hospital, meus familiares estavam muito abalados, desconsolados! Eu e minha irmã gêmea (Vanessa) fomos as unicas a não nos desesperamos, pois, cremos no sacrificio. E estamos mais firmes com Deus depois disso, pois, sabemos que o Espírito Santo é nosso Pai, amigo, irmão, mãe...enfim, Ele é tudo o que precisamos!
    Um grande Beijo

    ResponderExcluir
  3. é verdade somente o Espírito santo pode nos consolar em horas tão dificeis. bjinhus amei o blog Deus abençoe
    www.coisademulhercrista.com

    ResponderExcluir
  4. Que postagem forte minha querida. Vem de um coração experimentado na presença do Deus vivo! Que experiência, que testemunho! Muito me edificou, muito mesmo. Percebo a aversão das pessoas quando não correspondemos a esse alvoroço que criam quanto ao final do ano. Realmente cremos que nosso Deus não é como um pisca pisca momentâneo, mas "lâmpada para os meus pés é a Sua Palavra, e luz para o meu caminho"!!! O ano inteiro, dia após dia. Beijos em seu coração. Que neste novo ano que se aproxima, o Senhor Jesus possa usar ainda mais sua vida como um instrumento para levar o Seu consolo e Sua presença.

    ResponderExcluir

Compartilhe o que você achou dessa postagem: