5 de dezembro de 2011

PRESOS A ROTINA


Todos os dias você faz tudo igual, e como tem que administrar seu tempo, não se  permite fugir das regras que estabeleceu para conseguir cumprir seus compromissos. 

Isso acontece com muitas pessoas que desejam fazer tudo certinho (acredite, sou asim... rsrs). Procurar fazer o correto é dever de todo ser humano que tem caráter e de todo filho de Deus, pois somos representantes dEle nessa terra. Entretanto, muitos sem perceber, acabam se limitando dentro dessa rotina e consequentemente ficam presos á ela.

Marta e Maria são um grande exemplo disso. Duas mulheres muito especiais, sendo que uma delas, Marta, estava tão presa aos afazeres de sua rotina que não conseguiu ver a glória de Deus entrando em sua casa, seguia tão obstinada em cumprir os deveres de sua rotina que não enxergou o tamanho da grandeza que estava lhe sendo proporcionada. Já Maria, não estava presa a rotina, cumpria seus deveres, mas estava aberta ao mais e mais... Certamente é o que ela esperava por sua fé.

E  assim, acontece com cada um de nós, que muitas vezes nos prendemos tanto aos afazeres diários de nossa rotina que sem perceber desprezamos a boa parte enviada por Deus através de momentos preciosos, até mesmo, de pessoas especiais. 

Ás vezes, o marido te chama para sentar ao seu lado um pouquinho, você até senta, mas logo levanta para completar suas tarefas, seu filho pede a sua atenção e você diz que está ocupado, enfim, não consegue parar um minutinho se quer. Esquece até de olhar o céu e depois acaba ficando chateado, achando que tudo poderia ser melhor, diferente...

Quantas vezes, preso a sua rotina não desprezou o melhor? 

Agora seu jardim está totalmente seco, com folhas  queimadas, caídas pelo chão e flores mortas? 

A boa parte em Deus,  nos é enviada todos os dias, todas as horas, cabe a nós escolhermos essa boa parte, mas para isso temos que renunciar a nós mesmos, pois não existe nada mais precioso e melhor do que estar diante de Deus e usufruir de todas as bençãos que Ele nos envia, a fim de mantermos o nosso jardim vivo e frutífero.

Cumprir os deveres e não estar preso a rotina, é estar pronto para o novo. É  viver na esperança da fé,  com a certeza de que a qualquer momento o melhor pode acontecer.

Um comentário:

  1. MUITO LINDO SEU BLOG.
    ESTOU SEGUINDO, SE PUDER DÁ UMA OLHADA NO MEU.
    SERA BEM-VINDA.

    http://teremarcellino.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Compartilhe o que você achou dessa postagem: