16 de maio de 2011

JULGAR É ENXERGAR-SE NO ESPELHO

Uma senhora que vivia os seus dias desfrutando de plena alegria, em certo momento de sua vida deparou-se com uma situação difícil. Sem saber o que fazer, em seu desespero tentou buscar apoio nas pessoas que a cercavam, acreditando que assim teria forças para enfrentar seu problema. Por essa atitude, a senhora deparou-se com diversas opiniões e posicionamentos sobre o seu problema. Havia os que compadeceram-se de sua situação e até opinaram, havia os que apenas a ouviram e havia os que não quiseram ouví-la.

Essas três diferentes reações das pessoas que haviam sido procuradas por essa senhora, a fizeram separar a partir de então, os que para ela estariam qualificados como seus verdadeiros amigos. Os que se compadeceram de seu problema e reagiram á sua dor, foram aprovados como os amigos de todas as horas. Os que apenas a ouviram e aqueles que não quiseram ouví-la, foram classificados como seus adversários.

A senhora que estava decepcionada por tais atitudes, diante de seu problema passou a julgá-los, crendo que esses por nada aparentemente terem feito, repassariam para os outros o seu problema. Desesperada, ela então procurou os amigos das pessoas que a haviam desapontado e começou a contar o seu problema, achando que essas pessoas teriam feito isso. Assim, seu problema foi aumentando a medida que ela mesma contava sua dificuldade, pensando estar se justificando de um julgamento que estava dentro de si mesma. As pessoas que por ela foram julgadas, as que tiveram diante de seu problema a reação que  a havia desagradado, permaneceram em silêncio, mas o desespero e os maus olhos dessa senhora, lamentavelmente só a fez vítima de si mesma, julgando aos outros, ela apenas estava julgando a si própria na figura de seu próximo. Foi a própria senhora, a única a espalhar o seu problema e como resultado teve dois problemas: o seu dilema e os maus comentários que ela mesma espalhou.

Moral da história:

Cada pessoa tem sua forma de agir e reagir diante de situações difíceis na vida.
Não cobre dos outros o que você não é capaz de fazer.
Uma amizade verdadeira não é feita apenas por uma ação, por isso não pode ser desfeita por uma aparente decepção.
O verdadeiro amor não se pode expressar apenas com palavras, muitas vezes ele se cala diante dos homens, mas diante de Deus sua voz é ouvida em forma de oração e súplica, porque o verdadeiro amor sabe que a solução para todos os problemas está em crer e confiar à vida nas Mãos do Único que sabe todas as coisas.
Nos momentos difíceis, não seja refém de seus julgamentos, seja livre buscando o apoio de quem tem a solução para todos os problemas: DEUS!

Você tem um PAI....


"Embora entristeça a alguém,
contudo terá compaixão segundo a grandeza da sua misericórdia."
Lamentações: 3; 32

4 comentários:

  1. D.Isis tenho aprendido diante de determinadas situações a agir de uma forma que tem trazido resultados extraordinários: Sempre procuro mim colocar no lugar das pessoas. Quando agimos assim fica bem mais fácil entender o que se passa com o nosso proximo e sempre encontramos uma forma de ajudá-las. Quanto a forma que reajo aos problemas que vivencio prefiro mim colocar como dependente unica e exclusivamente de Deus. A minha vida pertençe a Ele então Ele trará a melhor solução!

    ResponderExcluir
  2. Muito forte essa mensagem. Já aconteceu comigo isso, sem querer quando uma amiga me decepcionava me queixava com outra dizendo o que aconteceu. Demorei um tempão pra notar que eu que estava errada. Então além dos problemas que tinha ainda sofria com as decepções. Hoje enxergo o quanto era boba. Pedi a força de Deus e consegui mudar. Foi difícil pois cada vez que alguém me decepcionava tinha vontade de contar pra alguém, desabafar. Foi dificil me segurar, hoje já não tenho mais essa necessidade. Quando sinto vontade de desabafar falo pra Jesus.

    Foi muito bom me libertar dessas emoções, só me prejudicavam.

    Com certeza essa mensagem ajudará muitas pessoas.

    ResponderExcluir
  3. Tá ligado dª Ísis! Grande ensinamento!
    Às vezes a melhor ajuda que alguém pode dar a outra é orando por ela, e isso os olhos não vêem, é na intimidade de cada um. Que possamos ter bons olhos para com todos.
    Um forte abraço.

    Jaque

    ResponderExcluir
  4. É verdade. Com a medida que medirmos seremos outra vez medidos. Não podemos julgar pela maneira como agiríamos e sim tudo à luz da Palavra de Deus. Quem disse que nosso julgamento é justo? Somos imperfeitos. Mas que em tudo seja Deus o Juiz entre nós e cada situação. Nosso clamor deverá ser a cada dia: nos ensina óh Pai, a confiarmos em Seu amor leal! Tudo que precisamos esta em Ti! Deus abençoe esse abençoado espaço.

    ResponderExcluir

Compartilhe o que você achou dessa postagem: